Depressão e Pânico

A depressão constitui uma experiência de sub-excitabilidade e o pânico uma situação de excitabilidade excessiva. Pânico e depressão estão em relação mútua, como em um continuum. De um lado, encontra-se a sub-vitalidade da depressão extrema, do outro, o pânico extremo e avassalador; entre eles, vários graus de um e outro. Todos estes graus, assim como os dois extremos, constituem posturas corporais, formas somático-emocionais.

A prática dos exercícios somáticos trabalha de forma eficiente com estas posturas corporais e suas conexões no cérebro, ajudando a alterar graus de depressão e pânico e a experiência emocional.



Em julho de 2015 Leila Cohn entrevistou Stanley Keleman sobre o processo de envelhecimento e os desafios de ser mais velho na sociedade atual.
Leia a entrevista, clique aqui

Agora todos os vídeos com legenda em português
videos legenda
clique aqui para assistir

Formação Profissional 2018 Saiba Mais

Fale Conosco | Links