Todos nós desejamos amar e ser amados!
Iracema Teixeira - Fevereiro 2010

Vivemos no dia-a-dia a procura pelo amor. Não importa qual é o tipo de relacionamento: afetivo-sexual, social, profissional, familiar ou filial – o amor pode estar presente em todas as interações.

Esta busca é norteada por padrões de dar e receber e de proximidade e distância formados ao longo da vida, os quais podem favorecer ou dificultar a vivência do encontro amoroso. Para a Psicologia Formativa®, os padrões de comportamento estão ancorados em estruturas corporais organizadas em graus diferenciados de pressão muscular, que podem ser influenciados através de exercícios com posturas e gestos. A prática somática possibilita identificar e reorganizar atitudes e comportamentos que propiciam a experiência amorosa.

Construir relacionamentos satisfatórios é um desejo realizável, à medida que desenvolvemos atitudes de cuidado, interesse e cooperação. Finalmente, lembramos que toda experiência relacional constitui-se em um meio de crescimento pessoal, pois a partir dos vínculos cotidianos damos corpo ao nosso ser adulto.

Iracema Teixeira

 



Intensivo de Pratica Formativa 'Conversando Consigo em Tempos de Crise' Leila Cohn 2020 Novo!

Em julho de 2015 Leila Cohn entrevistou Stanley Keleman sobre o processo de envelhecimento e os desafios de ser mais velho na sociedade atual.
Leia a entrevista, clique aqui

Agora todos os vídeos com legenda em português
videos legenda
clique aqui para assistir

Formação Profissional 2020 Saiba Mais

Fale Conosco | Links